an online Instagram web viewer
  • duzentaslinhas
    Deborah Sequeira
    @duzentaslinhas

Images by duzentaslinhas

O nosso santo bateu. 💫
O nosso santo bateu. 💫
Fique pra sempre se possível. ✨
Fique pra sempre se possível. ✨
por mim! 🌺
por mim! 🌺
Para a garota que eu já fui um dia: eu perdoo você. 
Eu te perdoo pelos erros que você cometeu porque eles me ensinaram muito. Todos nós erramos o tempo inteiro e eu espero que eu ainda erre por motivos tão nobres com você. 
Eu te perdoo por ter sentido medo tantas vezes e culpado a si mesma, por mais que isso tenha me trazido problemas agora. Eu te perdoo por não ter agido nas horas certas. Em muitos momentos a gente não sabe mesmo quando deve agir. Tá tudo bem. Eu te perdoo por ter acreditado quando te falaram que você não era suficiente. Eu tô desconstruindo isso por nós duas. Não é fácil. Eu sei que doeu em você. Eu te perdoo por não ter mostrado pro mundo o que você amava fazer e fazia por amor, porque nos dias de hoje, o mundo ama o que você faz - ou pelo menos, algumas pessoas amam. Eu te perdoo por não ter ligado mais vezes. Por não ter deixado seu orgulho de lado. Por não ter dito nada. Eu sei que você não sabia o que dizer. Eu te perdoo por não ter aprendido a andar de bicicleta antes, porque pra ser sincera, eu descobri que prefiro nem aprender. 
Eu te perdoo por ter amado ele, porque pra mim foi foda. É foda. Eu te perdoo por não ter ido embora quando ele te deu a chance, porque foi ele quem foi. Eu te perdoo por ter feito uma bagunça na sua vida e não saber o que você quer, quando na verdade, você quer tanta coisa. Eu te perdoo por sonhar tanto, eu descobri que eu também gosto. Eu te perdoo por ter ficado tanto tempo e deixado seu coração doer. Eu sei que você tinha a melhor das intenções, sempre teve. Eu te perdoo por não perceber que as pessoas, no entanto, nem sempre tem. Eu te perdoo por ter deixado que a gente caísse tantas vezes nos buracos da vida. 
Eu te perdoo por ter sido ingênua. Por ter vivido cada segundo com o coração. Por ter amado de volta. 
Eu te agradeço por ter tornado nós duas em uma só.
Para a garota que eu já fui um dia: eu perdoo você. Eu te perdoo pelos erros que você cometeu porque eles me ensinaram muito. Todos nós erramos o tempo inteiro e eu espero que eu ainda erre por motivos tão nobres com você. Eu te perdoo por ter sentido medo tantas vezes e culpado a si mesma, por mais que isso tenha me trazido problemas agora. Eu te perdoo por não ter agido nas horas certas. Em muitos momentos a gente não sabe mesmo quando deve agir. Tá tudo bem. Eu te perdoo por ter acreditado quando te falaram que você não era suficiente. Eu tô desconstruindo isso por nós duas. Não é fácil. Eu sei que doeu em você. Eu te perdoo por não ter mostrado pro mundo o que você amava fazer e fazia por amor, porque nos dias de hoje, o mundo ama o que você faz - ou pelo menos, algumas pessoas amam. Eu te perdoo por não ter ligado mais vezes. Por não ter deixado seu orgulho de lado. Por não ter dito nada. Eu sei que você não sabia o que dizer. Eu te perdoo por não ter aprendido a andar de bicicleta antes, porque pra ser sincera, eu descobri que prefiro nem aprender. Eu te perdoo por ter amado ele, porque pra mim foi foda. É foda. Eu te perdoo por não ter ido embora quando ele te deu a chance, porque foi ele quem foi. Eu te perdoo por ter feito uma bagunça na sua vida e não saber o que você quer, quando na verdade, você quer tanta coisa. Eu te perdoo por sonhar tanto, eu descobri que eu também gosto. Eu te perdoo por ter ficado tanto tempo e deixado seu coração doer. Eu sei que você tinha a melhor das intenções, sempre teve. Eu te perdoo por não perceber que as pessoas, no entanto, nem sempre tem. Eu te perdoo por ter deixado que a gente caísse tantas vezes nos buracos da vida. Eu te perdoo por ter sido ingênua. Por ter vivido cada segundo com o coração. Por ter amado de volta. Eu te agradeço por ter tornado nós duas em uma só.
Hoje me bateu saudades de ser inocente. Me bateu saudades do meu cabelo comprido, das minhas amigas todas juntas em um lugar só pela manhã, do pijama que rasgou há mais de dois anos. Me bateu saudades de não saber que no meio de tantas idas e vindas da vida, partes de mim ficariam. 
Bateu saudades da época em que tudo parecia mais fácil. E era. 
Hoje eu senti falta de não sentir falta do meu pai, porque ele ainda tava aqui. Bateu saudades dos lugares que eu fui, das fotos que eu tirei e de cada sabor que eu deixei que passasse. Bateu saudade da época em que eu era mais criança do que culpada das minhas paranóias. 
Bateu saudade dos amigos que foram embora. Do amor de colegial que parecia que duraria pra sempre - e não durou. Do choro. Dos abraços. Das minhas amigas dormindo aqui em casa. Bateu saudade de comer brigadeiro de panela.
Bateu saudades de cantar bem alto. Hoje a saudade me bateu forte. Foi uma porrada daquelas. Senti que minhas costelas haviam entrado e perfurado meu pulmão porque por alguns minutos, não consegui respirar. Me bateu saudades de não me preocupar. De não me esquentar. 
Hoje me bateu saudades do antes. Quis voltar atrás. Quis respirar mais uns segundos dentro da minha casa de praia que foi vendida há anos. Quis dizer “eu amo você” mais uma vez. 
Hoje a saudade me agrediu e eu não fiz nada. Só parei e senti. Senti tudo mesmo. Senti falta. Senti raiva. Senti tristeza. Senti alegria. Senti dor. Chorei tudo o que minhas lágrimas salgadas podiam oferecer. 
E foi bom. 
Às vezes é necessário deixar o passado fazer uma visita. Vai doer. Vai ser amargo. Vai ser doce. Você não vai entender nada e vai entender tudo. Mas quando for fechar a porta e acenar um “até logo”, você saberá dentro de você que ele trouxe força e que a partir de agora, você JÁ é outra pessoa. || Autora: @deborahseq @duzentaslinhas 💛 #escritora #instafrases #textos
Hoje me bateu saudades de ser inocente. Me bateu saudades do meu cabelo comprido, das minhas amigas todas juntas em um lugar só pela manhã, do pijama que rasgou há mais de dois anos. Me bateu saudades de não saber que no meio de tantas idas e vindas da vida, partes de mim ficariam. Bateu saudades da época em que tudo parecia mais fácil. E era. Hoje eu senti falta de não sentir falta do meu pai, porque ele ainda tava aqui. Bateu saudades dos lugares que eu fui, das fotos que eu tirei e de cada sabor que eu deixei que passasse. Bateu saudade da época em que eu era mais criança do que culpada das minhas paranóias. Bateu saudade dos amigos que foram embora. Do amor de colegial que parecia que duraria pra sempre - e não durou. Do choro. Dos abraços. Das minhas amigas dormindo aqui em casa. Bateu saudade de comer brigadeiro de panela. Bateu saudades de cantar bem alto. Hoje a saudade me bateu forte. Foi uma porrada daquelas. Senti que minhas costelas haviam entrado e perfurado meu pulmão porque por alguns minutos, não consegui respirar. Me bateu saudades de não me preocupar. De não me esquentar. Hoje me bateu saudades do antes. Quis voltar atrás. Quis respirar mais uns segundos dentro da minha casa de praia que foi vendida há anos. Quis dizer “eu amo você” mais uma vez. Hoje a saudade me agrediu e eu não fiz nada. Só parei e senti. Senti tudo mesmo. Senti falta. Senti raiva. Senti tristeza. Senti alegria. Senti dor. Chorei tudo o que minhas lágrimas salgadas podiam oferecer. E foi bom. Às vezes é necessário deixar o passado fazer uma visita. Vai doer. Vai ser amargo. Vai ser doce. Você não vai entender nada e vai entender tudo. Mas quando for fechar a porta e acenar um “até logo”, você saberá dentro de você que ele trouxe força e que a partir de agora, você JÁ é outra pessoa. || Autora: @deborahseq @duzentaslinhas 💛 #escritora  #instafrases  #textos 
Eu queria te dizer uma coisa sobre o amor. quando você menos esperar, ele vai embora. Não vai atender os seus telefonemas. vai ter outro cheiro. vai ter deixado a barba crescer. o amor vai desaparecer de tudo que você já tocou. Mas o que ele tocou permanece. 
você.
você não vai entender nada. você vai sentar na sua cama numa madrugada de domingo e derramar uma lágrima. Ou duas. Ou nenhuma. O amor por muitas vezes não vai te amar de volta. O amor às vezes não vai voltar. O amor, vez ou outra, vai te prometer ficar, ligar, amar e no entanto, partir. 
O amor vai ser o seu primeiro beijo. Talvez seja até mesmo as primeiras borboletas tontas na sua barriga. Mas esse mesmo amor vai ser também o seu primeiro coração partido.
Talvez você deseje que ele esteja aqui. Talvez você sonhe que ele está. Mas não. O amor pegou as trouxinhas dele e foi viver. 
Às vezes você ama por dois. Tem vezes, que por ninguém. 
O amor é meio esquisito e quando você acha, ele bagunça sua cabeça de um modo que você pensa que vai enlouquecer. Você pensa que já enlouqueceu. 
O amor não liga se você pirar. O amor tá lá do outro lado do mundo pegando transporte público às três da manhã com os amigos. O amor tá voltando pra casa, depois de encher a cara. E talvez, a casa não seja você. 
O amor não tem consideração sempre. Ou talvez, nem seja amor. 
O amor pode encostar os lábios nos seus e levar de você uma parte que você precisa. Ele pode fugir com um pedaço seu e você nunca mais vê-lo. 
E você pode desejar que um poste caia na sua cabeça enquanto come um pote inteiro de sorvete. Ou pode simplesmente aceitar que o amor às vezes machuca, mas não foi feito pra machucar. 
O amor te derruba de uma maneira que você não sabe como se levantar. Ele te esmaga. Ele não é justo. Ele não foi justo. Mas você tá viva. 
E ele? Sabe-se lá onde ele está. 
E é preciso mudar o contato de emergência porque ele não vem. É preciso jogar fora o pedaço dele que ele deixou.
O amor às vezes liga do orelhão. Às vezes não. 
Tudo bem se não ligar. 
Não cabe a você esperar a ligação. 
O amor não vai voltar. 
E se o amor não voltar, se o amor machucar, se o amor não for apenas lindo e eletrizante, arrume SUAS trouxinhas e viva.
Eu queria te dizer uma coisa sobre o amor. quando você menos esperar, ele vai embora. Não vai atender os seus telefonemas. vai ter outro cheiro. vai ter deixado a barba crescer. o amor vai desaparecer de tudo que você já tocou. Mas o que ele tocou permanece. você. você não vai entender nada. você vai sentar na sua cama numa madrugada de domingo e derramar uma lágrima. Ou duas. Ou nenhuma. O amor por muitas vezes não vai te amar de volta. O amor às vezes não vai voltar. O amor, vez ou outra, vai te prometer ficar, ligar, amar e no entanto, partir. O amor vai ser o seu primeiro beijo. Talvez seja até mesmo as primeiras borboletas tontas na sua barriga. Mas esse mesmo amor vai ser também o seu primeiro coração partido. Talvez você deseje que ele esteja aqui. Talvez você sonhe que ele está. Mas não. O amor pegou as trouxinhas dele e foi viver. Às vezes você ama por dois. Tem vezes, que por ninguém. O amor é meio esquisito e quando você acha, ele bagunça sua cabeça de um modo que você pensa que vai enlouquecer. Você pensa que já enlouqueceu. O amor não liga se você pirar. O amor tá lá do outro lado do mundo pegando transporte público às três da manhã com os amigos. O amor tá voltando pra casa, depois de encher a cara. E talvez, a casa não seja você. O amor não tem consideração sempre. Ou talvez, nem seja amor. O amor pode encostar os lábios nos seus e levar de você uma parte que você precisa. Ele pode fugir com um pedaço seu e você nunca mais vê-lo. E você pode desejar que um poste caia na sua cabeça enquanto come um pote inteiro de sorvete. Ou pode simplesmente aceitar que o amor às vezes machuca, mas não foi feito pra machucar. O amor te derruba de uma maneira que você não sabe como se levantar. Ele te esmaga. Ele não é justo. Ele não foi justo. Mas você tá viva. E ele? Sabe-se lá onde ele está. E é preciso mudar o contato de emergência porque ele não vem. É preciso jogar fora o pedaço dele que ele deixou. O amor às vezes liga do orelhão. Às vezes não. Tudo bem se não ligar. Não cabe a você esperar a ligação. O amor não vai voltar. E se o amor não voltar, se o amor machucar, se o amor não for apenas lindo e eletrizante, arrume SUAS trouxinhas e viva.
em quem você se encontrou? 🔐❤️
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
#instafrases #escritora #zackmagiezi #instablogger #escritosmeus
Foi amor. É amor. .
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
#instafrases #textos #instablogger #escritora
Por você, eu acordei sem vontade de viver e voltei a dormir
Por você, eu acordei sem vontade de viver e voltei a dormir
Nunca. É. Você.
Nunca. É. Você.
Que vazio. Maldito vazio.
Que vazio. Maldito vazio.
Toda santa vez.
Toda santa vez.
vivo triste 🌵
vivo triste 🌵
Muito.
Muito.
Em todas as vezes.
Em todas as vezes.
O amor esbarra com você daqui uns anos 🌺🤙🏻
O amor esbarra com você daqui uns anos 🌺🤙🏻
Imprevisível ☘️🌙
Imprevisível ☘️🌙
Você teria sido completo
Você teria sido completo